Arquivo da tag: Amanda Seyfried

Chapeuzinho Vermelho vai virar filme de terror!

A história clássica dos irmãos Grimm está sendo transformada em um filme de terror. Essa versão do conto de fadas contará a história de uma vila que está sendo assombrada por um Lobisomen e de uma jovem moça que se apaixona por um lenhador. David Leslie Jonhson está por trás do roteiro de Red Riding Hood (título original), ele também fez o roteiro de a Orfã. Amanda Seyfried (ultimamente ela está em todas né) fará a “chapeuzinho” e Virginia Madsen será sua mãe. Outros atores no elenco são, Gary Oldman (Batman Begins), Julie Christie (Tróia) e Lukas Hass (Alpha Dog). Por trás desta versão criativíssima de Chapeuzinho Vermelho está Catherine Hardewicke, responsável também pela direção daquele outro filme ótimo de lobisomens e vampiros, conhecido como Crepúsculo. Red Riding Hood está em pré-produção e será lançado em abril de 2011. Achei a idéia interessante, inclusive faz todo sentido com essa moda de vampiros e lobisomens e afins, mas Catherine Hardwicke não dá. O que me tranquilizou um pouco foi Amanda Seyfried assegurar a imprensa que este filme não terá nada em comum com Crepúsculo.

Juliana Maffia

Anúncios
Etiquetado , , , ,

Cartas para Julieta (2010)

Se você está apaixonado, ou tentando ficar, vai adorar “Cartas Para Julieta”! Mas se essa atmosfera otimista onde todos conseguem ser felizes para sempre te incomoda, caia fora! Como sempre estou entre os extremos: romântico ou cético; acabei gostando do filme, mesmo considerando sua história completamente alheia a qualquer realidade romântica.

Na trama Amanda Seyfried é Sophie, uma talentosa escritora, que trabalha como checadora de fatos na redação do ‘The New Yorker’. Em sua viagem pré-nupcial com nada mais nada menos que Gael García Bernal, seu noivo Victor – um cheff de cozinha obcecado em abrir um novo restaurante – Eles vão para Verona, onde ‘surpreendentemente’, Sophie inspira-se para escrever uma história de amor!

A jornalista americana conhece as secretárias de Julieta, senhoras que respondem as cartas de mulheres apaixonadas, usando seu nome. E é a partir de uma dessas cartas que Sophie começa uma busca pelo amor perdido de Claire (Vanessa Redgrave), uma senhora de 65 anos que nunca desistiu de encontrar Lorenzo, sua primeira e verdadeira paixão! Persistente ela, né? Como pouco mel é bobagem, Sophie se apaixona por Charlie – neto de Claire (e ele por ela, obviamente), seguindo viagem com as duas numa jornada inconseqüente e sem muito sentido, à procura pelo Vovô Romeu.

Não há obstáculos nem más notícias o filme inteiro! Todas as peças de um quebra-cabeça primário foram precisamente encaixadas para termos a falsa sensação que as coisas podem se resolver assim facilmente na vida real.

Possui um roteiro leve e descomprometido, mas podemos apreciar lugares lindíssimos como Toscana, Siena e Florença; Uma trilha sonora complementar bem razoável e atores cativantes! Destaque para os créditos iniciais que são mesclados com fotografias e telas de ótimos artistas retratando cenas de amor, famosas ou não.

“Cartas Para Julieta” não tem a intenção de modificar o mundo, mas também não é tão cheio de ‘nada’ como seu infeliz antecessor “Noivas Em Guerra”, também dirigido por Gary Winick.

Rafael Linhares

Etiquetado ,
Anúncios